Recomeçando outra vez

Cláudia Bodart - Fisioterapeuta CREFITO 2-14257F

fisiotersaude
fisiotersaude6.webnode.com
claudiabodart6@gmail.com
21 98465-7088/3176-2921
https://www.agendaai.com.br/local/?k=13269.TYz

Úlcera de decúbito

17/02/2017 21:58

O que é e como se formam?

As úlceras de decúbitos também são chamadas de escaras ou úlceras de pressão. Consiste em lesão na pele deviso a interrupção do fluxo sanguíneo em uma detrminada área do corpo, como as regiões de   proeminência óssea, áreas  onde a pele foi pressionada por uma cama, por uma cadeira de rodas, por um aparelho gessado, por uma tala ou por outro objeto rígido durante um período prolongado.  As  lesões cutâneas  ocorrem com mais frequencia nos indivídos que não podem se mover, tais como: os  indivíduos com paralisia,  em coma, desnutridos ou submetidos a alguma forma de contenção. Também ocorrem em indivíduos que tenham alterações de sensibilidade  como nos casos de doenças como hanseníase e diabetes ou doenças  nervosas periféricas.

 Na área da pele privada de oxigênio devido a redução de fluxo sangíneo apresenta uma vermelhidão e  inflamação e, a seguir, começa a ficar com escoriações que vai desde bolhas a feridas até  a formação da úlcera.

 

O que pode ocasionar as úlceras?

 - As vestimentas inadequadas,

- as roupas de cama enrugadas,

- atrito dos calçados,

 e posições prolongadas em leitos ou cadeiras e,

-a  exposição prolongada à umidade (freqüentemente transpiração, urina ou fezes).

 

Quais as Etapas de uma úlcera de decúbito?

1 - pele íntegra apresenta apenas hiperemia.

2- a pele encontra-se hiperemiada e inflamada (com bolhas), 

3- ocorre a formação da úlcera com exposição das camadas mais profundas da pele. 

4- a úlcera aprofundase através da pele e da camada de gordura, atingindo o tecido muscular. 

5- o tecido muscular em si é destruído.

6- o estágio mais profundo de uma úlcera de decúbito, ocorre a exposição óssea, com o osso apresentando lesões e, algumas vezes, infecção. Uma vez ocorrida a ruptura da pele, a infecção torna-se um problema. A infecção retarda a cicatrização das úlceras rasas e pode ser letal nas úlceras mais profundas.

 

O que fazer para evitar as escaras??

 Examinar todos os dias as áreas como: cotovelo, calcanhar, dorso , nuca,  maléolos  para verificar sinais iniciais de úlceras; Prevenir, ou seja,  evitar o que causa a pressão e atrito nas área expostas de pontas ósseas com a cama, braços da cadeira , apoio do pés e órteses ( utilização de  "coxins" como almofadas e colchoes  de "caixa de ovo" ou pneumáticos - comprar em lojas de produtos médicos  ou confeccionar  almofadas e coxins utilizando material como  semente de "alpiste...ou grãos de arroz") os  tamanhos  podem ser variados e  a quantidade suficiente para proteger todas as áreas de pontas ósseas , fazendo que haja variação de pressão. Manter  limpas e hidratadas  todas áres de pontas ósseas( uso de óleos a base de semente de girassol, sabonetes a base de oleo de amendoas doce) e a troca de posição no leito ou utilização de almofada de ar ou de silicone no assento).

Inspecionar lençois e roupas para que estejam sem dobras ou úmidas e  que possam atritar com o corpo.

E procurar beber muita água e se alimentar de forma saudável para evidar desidratação ou até desnutrição dos tecidos. usar roupas leves;

Enquete

o que é mais importante na escolha da cadeira de rodas?